Os segredos para melhorar a gestão de pessoas à distância

Crédito: https://empresas.serasaexperian.com.br/blog/gestao-de-pessoas-a-distancia/

Os segredos para melhorar a gestão de pessoas à distância foram compartilhados por Aline Schenkel, gerente executiva de RH da Serasa Experian, em uma live que aconteceu no nosso Instagram. Se você perdeu ou quer rever o conteúdo, listamos os principais tópicos discutidos a respeito das dificuldades de manter equipes unidas e produtivas nesses tempos de trabalho remoto. Afinal, nesse período tão complicado da economia, gerir pessoas pode ser um desafio e tanto, mas existem técnicas e boas práticas para tornar esse processo mais brando e eficaz.

Apesar de o trabalho remoto já ser comum em algumas empresas, muita coisa mudou

É preciso considerar a inclusão de fatores adicionais provocados pelo momento da economia, que está cerceando o direito de ir e vir das pessoas. O que isso quer dizer:

  • Estamos trabalhando de casa, remotamente, não necessariamente por opção, mas por força maior de proteção à saúde;
  • Temos o desafio de adaptação do espaço de convívio comum, para viabilizar o trabalho na provável presença dos filhos, cônjuge, demais familiares em casa, bem como pets (cachorro, gato, passarinhos);
  • Nesse contexto, precisa-se levar em conta também a suspensão dos serviços de manutenção da rotina diária. As pessoas precisam de tempo para limpar a casa, cozinhar, entreter e cuidar dos filhos;
  • Com isso, as pessoas acumulam papéis (pai, mão, marido, esposa, líder, profissional), tudo ao mesmo tempo.

Como resultado dessas transformações e novos cenários, é preciso considerar que a dinâmica de trabalho tende a ser mais estressante.

Diretrizes práticas para quem está experimentando o trabalho remoto pela primeira vez

Para que os colaboradores consigam exercer seus respectivos trabalhos, os gestores e empresas devem oferecer uma estrutura básica. Isso inclui ferramentas adequadas (notebook, fone de ouvido, celular (quando necessário) e ferramentas tecnológicas para transferência de arquivos, comunicação remota e aplicativos que viabilizem reuniões à distância, como o Skype, por exemplo.

Além disso, atente-se a algumas boas práticas, tais como:

  • Ajuste as diretrizes de comunicação. Todos precisam informar seu status atual de trabalho, como “volto logo”, “em reunião”, “ausente”, “horário de almoço”;
  • Promova reuniões sucintas e objetivas, com pautas previamente enviadas a todos os participantes;
  • Envie orientações sobre equilíbrio na qualidade de vida, com horários definidos de trabalho, almoço e descanso;
  • Combine, se possível, horários flexíveis, porém com um período padrão de maior presença de funcionários ativos, normalmente alinhado ao horário comercial.

Os principais obstáculos que o líder precisa estar ciente de que vai/pode enfrentar

  • Desafio da comunicação clara e objetiva que não é mais cara a cara;
  • Desafio da gestão do tempo diante de outras distrações e necessidades que não fazem parte da rotina profissional;
  • Desafio de apoiar as equipes com relação à identificação das prioridades diárias, semanais e mensais;
  • Desafio de manter ou estabelecer relações de confiança, positivas e com delegação, garantindo a clareza de papeis e entregas esperadas – para gerar autonomia no trabalho remoto.

Fora isso, esteja atento às questões emocionais dos colaboradores, com escuta ativa além do lado profissional. Tenha em mente as individualidades das pessoas e que elas terão dias bons e ruins.

Como fazer com que, mesmo à distância, as pessoas se sintam parte de um time

As trocas informais do dia a dia, como aquelas mensagens de bom dia ou o envio de simples meme, auxiliam na construção do time como uma unidade. Porém, a distância acaba dificultando um pouco isso. Assim, eis algumas dicas para driblar essa situação:

  • Mantenha uma cadência de contato com todos do time;
  • O momento pede generosidade e empatia, então tente estar sempre disponível;
  • Reflita sobre as individualidades das pessoas e como você pode ajudá-las com seus desafios diários;
  • Incentive encontros e fóruns nos quais os colaboradores possam se abrir e comentar sobre suas rotinas, preocupações, alegrias e curiosidades que estão descobrindo nesse momento;
  • Dê autonomia às pessoas e confie na sua equipe;

Mantendo a produtividade em alta

Para viabilizar uma boa produtividade e alta performance dos colaborares durante o trabalho remoto, siga as dicas propostas acima, defina metas bem estabelecidas (que sejam objetivas e mensuráveis), forneça as ferramentas necessárias para a execução do trabalho e mantenha o foco gerencial na relevância das entregas e nos resultados. Ou seja, se alguém da equipe parecer um tanto ausente, mas fizer entregas relevantes e que geram resultados, é isso que importa.

Deixe um comentário

Open chat